Como cuidar do seu colchão - Pró-espuma

 

Quais os cuidados que preciso ter para prolongar a vida útil do colchão?Faça o teste abaixo e veja se está cuidando bem do lugar onde passa um terço da sua vida.

 

Pergunta 1: Você faz rodízio do colchão?

Para ajudar o colchão a manter a uniformidade, é importante você distribuir o peso igualmente. Se você sempre deixar o colchão na mesma posição a parte dos pés recebe menos impacto. Por outro lado, a parte da cabeça e tórax acaba exigindo mais do material. Sendo assim, com o tempo pode levar ao desgaste.

Por isso, a princípio, pelo menos uma vez por mês gire o lado da cabeceira para o dos pés. Assim, você vai revezar o lado que recebe mais peso do corpo e usar toda a superfície. Com isso,  uma parte “descansa”enquanto você usa a outra.

Essa dica vale para todos os tipos de colchão: espuma ou molas.

Outra possibilidade de rodízio é inverter o lado de cima pelo de baixo. No entanto, não são todos os colchões que esse rodízio é recomendado. Peça essa instrução ao vendedor na hora da compra. Ou ligue para o atendimento do fabricante.

Pergunta 2: Você deixa o colchão na posição correta?

Há alguns hábitos que parecem sem gravidade, mas podem levar a um dano na estrutura. Por exemplo, você deixa que as crianças pulem no colchão? Essa é uma brincadeira comum. No entanto, além de ser um risco para a criança que pode desequilibrar e se machucar, é também uma das causas de problema na estrutura.

O colchão passa por muitos testes que garantem a qualidade. Porém, não foi feito para receber impacto, mesmo com baixo peso, da forma como os pequenos saltos repercutem. E essa brincadeira pode acabar danificando espuma e molas.

Outro problema comum é quando você vai mover o colchão ou deixar guardado e opta por deixar dobrado. Esse também não é um hábito que ajude na conservação. Portanto, se for mover, procure manter reto, mesmo que a espuma pareça flexível.

qualidade da capa protetora

Pergunta 3: Você usa capa protetora?

É natural que com o uso constante do colchão ( como qualquer objeto), haja uma troca entre os microorganismos que estão na sua pele e os que estão no lençol e no colchão. Não estamos só falando dos ácaros, que é o que mais gente conhece. Como assim?

Nesse sentido, por exemplo, você pode estar com alguma alergia e o causador dessa alergia passa do lençol para o colchão, já que a maioria dos tecidos tem uma trama que não é 100% fechada e permite que passe de um lado para o outro. 

Quando você coloca uma capa protetora, você aumenta o bloqueio. E esse cuidado pode ajudar a manter o colchão saudável para sua próxima noite de sono. Por outro lado, não adianta colocar a capa e esquecer ela lá. Ela também precisa ser lavada, pelo menos uma vez ao mês.

Existem capas de materiais diversos. Pode ser interessante pesquisar o material e adicionar essa camada de proteção com um preparo antiácaro. Sobretudo, toque o tecido e sinta se o contato do corpo com ele vai ser agradável. 

Isso porque, mesmo com o lençol por cima, esse material pode alterar a sensação com o colchão. É o caso de algumas capas muito sintéticas. Algumas emite até um som que pode incomodar.

Ah! Lembra que falamos acima de quando a gente vai “guardar”o colchão que não usa… Aquele que fica para as visitas… Além de não dobrar, melhor também não deixar no plástico da embalagem porque esse plástico não deixa o colchão ventilar. Leia mais abaixo.

Pergunta 4: Você deixa o colchão ventilar?

Muitas vezes a gente troca a roupa de cama e já coloca outra imediatamente. Ou seja, não deixa o colchão ventilar. Esse é outro cuidado importante quando a gente fala de manter o colchão saudável. Se o colchão está sempre coberto, cria uma espécie de estufa, que facilita a proliferação dos microorganismos.

Toda vez que for trocar o lençol, deixe o quarto arejar. E o colchão “respirar”, se possível, algumas horas sem o novo lençol. Vai guardar o colchão? Procure embalar com um tecido que proteja contra o pó, mas que deixe o colchão respirar. E, antes de usar, deixe arejar por algum tempo, próximo a uma janela.

Pergunta 5: Você coloca objetos em cima da cama?

Às vezes a gente vai fazer aquela faxina em casa e acaba por apoiar gavetas cheias, pilhas de livros e outros objetos pesados em cima do colchão. Como resultado, principalmente se for constante, você pode arriscar a estrutura geral da espuma.

Enfim, importante você preservar esse ambiente criado pela cama e o colchão a todo momento. Às vezes, uma situação improvisada, como apoiar um ferro de passar, pode causar um estrago irreversível. Pense nisso.

Vale a pena cuidar do seu colchão, não é?

Resultado do teste

Bom, nem precisamos dizer que o ideal é você responder sim às 4 primeiras perguntas e não para a última. Mas, o mais importante desse teste é conscientizar você para que adquira os hábitos que ainda não pratica.

Quer saber mais sobre sua saúde e seu sono?

Assine a nossa newsletter e receba dicas mensalmente.

Não é você quem cuida da casa?

A newsletter ajuda também a pautar a sua conversa com quem faz esse serviço.

Quer ver vídeo? Aqui.

Até breve!